Pesquisa...

quinta-feira, 15 de maio de 2008

Mulunguzinho



Este assentamento foi criado oficialmente em 14 de maio de 1992, mantendo a sua denominação original - Fazenda Mulunguzinho.

Sua área total é de 7.944,30 ha . Tratava-se de uma propriedade do Sr. Narciso Ferreira Souto, limitando-se ao norte com Francisco Duarte Rodrigues, ao sul com Lourival Batista e Expedito Dantas, a leste com o projeto de Assentamento Favela e a oeste com terras remanescentes da fazenda Mulungú.

O acesso se dá; partindo-se de Natal pela BR-304, quando chega-se no Projeto de Assentamento Hipólito distante aproximadamente 240 km da capital, percorre-se ainda cerca de 05 km pela mesma rodovia e entra-se à direita na estrada de Serra do Mel, ficando o imóvel em tela a 8,0 km da citada BR ( INCRA, 1992).

Portanto, localizado a 35 kms. do município de Mossoró. A vegetação deste assentamento tem as mesmas peculiaridades regional, do tipo hiperxerófila com extratos arbóreo-arbustivos e com a presença marcante das cactáceas e bromeliáceas.

Conforme laudo pericial do INCRA, o Rendzina é o tipo de solo que predomina em Mulunguzinho, abrangendo entre 50% a 60% da área total, limitando as atividades agropecuárias. Aparecem ainda o Podzólico Vermelho Amarelo e em menor escala o Latosssolo Vermelho Amarelo.

A captação d'água de poços tubulares profundos se apresenta como a principal característica dos recursos hídricos, segundo a mesma fonte, em vista que a gleba se encontra na predominância do calcário em solos de relevo plano, dificultando ou mesmo inviabilizando a acumulação d'água de superfície através de barragens (INCRA, op. cit.).

No entanto, ressalta-se que o laudo pericial no imóvel desapropriado aconteceu antes da chegada da adutora trazendo águas do complexo Piranhas-Assú para o município de Mossoró.

Nenhum comentário:

Postagens mais visitadas

Total de visualizações de página